Follow by Email

sábado, 1 de março de 2014

O AMOR E O JARDIM



O AMOR E O JARDIM     

Se quiseres ter um jardim
é preciso conhecer o amor.
Tem que arar a terra em desalinho     
e escolher bem o tipo de flor.
Limpar as folhas secas,
regar com doçura e emoção,                    
umidade suficiente,
que não sufoque a raiz ou a semente
e floresça com suavidade
na sua manutenção.
Borboletas  vem e vão,
mas pousam só um pouquinho.
Porque onde há ternura e carinho
não existe lugar para larva não.
A limpeza das ervas daninhas
faz-se em qualquer estação.
São pragas que crescem depressa,
podem minar de mágoas o coração.
Faça as podas com jeitinho
quando chegar o inverno,
fria estação.
Pois toda linda flor tem seus espinhos
e podem machucar as mãos.
Assim é o amor
um jardim perfumado,
florido e repleto de cor.
Mas é preciso cuidar
desde o chão e a semente
para conquistar-se um linda flor.

Adelaide Ortiz
Publicado Recanto das letras 01/03/2014   T4711278

Nenhum comentário:

Postar um comentário